Universitárias que debocharam de colega desistem da graduação

As  três estudantes que debocharam de uma colega de curso por ela ter mais de 40 anos, em uma universidade particular de Bauru , no interior de São Paulo , solicitaram a desistência da graduação após a repercussão do caso.

Segundo a Unisagrado, um processo disciplinar foi aberto para investigar a conduta das três alunas, porém, durante a ação, Giovana Cassalatti, Beatriz Pontes e Bárbara Calixto pediram para sair do curso de biomedicina.

Conforme a instituição de ensino nesta quinta-feira (16), com a decisão, “o processo perdeu o objeto e por isso foi finalizado”.

Em uma nota publicada nas redes sociais, Giovana Cassalatti disse que está sendo alvo de ameaças de morte e agressão, e que tomará medidas jurídicas contra aqueles que a ofendem e a agridem. No comunicado, ela afirmou que jamais teve o objetivo de atentar contra a imagem da colega de turma e que o episódio não deve ser usado para oprimir ou ameaçar jovens.

O caso gerou indignação nas redes sociais e também entre os alunos da universidade. As estudantes podem responder judicialmente pelo episódio.

 Entenda o caso

Três estudantes de uma universidade particular de Bauru (SP) viralizaram após gravarem um vídeo debochando de outra aluna pelo fato de ela ter 40 anos. Patrícia Linhares, que está prestes a completar 45 anos, está no primeiro ano de biomedicina.

Na gravação, uma das alunas aparece fazendo o vídeo enquanto conversa com outras duas.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x