Por que Gramado (RS) teve rachaduras e desabamento de prédios?

Laudo de 2018 já apontava falha estrutural no condomínio residencial Condado Ana Carolina, no bairro Três Pinheiros

Após o surgimento de fendas no solo e de rachaduras, além do desabamento de um prédio, o Ministério Público vai demandar que a Prefeitura de Gramado realize novos mapeamentos geológicos na região para identificar áreas de risco no município da serra gaúcha. Os problemas estruturais no condomínio que desabou já vinham sendo registrados havia cinco anos.

“Essas movimentações de massa [referindo-se às rachaduras no solo] revelam a necessidade urgente de ampliação das áreas de mapeamento, porque apareceram na cidade, em outras regiões que não estavam no mapeamento de 2015 e que necessitam de novos levantamentos, novos estudos, para ampliação dessas zonas de risco”, disse o promotor Max Guazzelli, que investiga o caso.

A sugestão do promotor é que esses estudos geológicos sejam feitos a cada três anos. Ele ressaltou ainda que em 2015 foi ajuizada uma ação civil pública contra o município de Gramado para que os órgãos responsáveis mapeassem as áreas de risco de deslizamentos.

 

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x