“ As ações do CAPS precisam que a parte técnica e a humana estejam em sintonia “, diz Paula da Pindoba sobre reinauguração

Sem adoção de protocolos que dificultem o atendimento, em 2022, a unidade realizou 5.615 atendimento

Na manhã desta quarta-feira(26), a prefeita de Paço do Lumiar- Paula da Pindoba(PCdoB) estará reinaugurando as novas instalações do Centro de Psicossocial(CAPS II). Totalmente reformado, a unidade funcionará na Avenida 14, no Maiobãoc Região Metropolitana.

Com atendimento diversificado na área da saúde, o espaço tem como público alvo pessoas com algum tipo de transtorno de neurodesenvolvimento ou dependência química.

Feliz em fazer parte da engrenagem que vai garantir melhora na prestação do serviço, à prefeita Paula da Pindoba entende que as ações do Caps II não podem ser apenas, técnica, mas, também, sensíveis e com olhar humano.

“Na área da assistência social não temos medido esforços para assegurar aos luminenses um tratamento humanizado, por isso, a partir de amanhã, o município estará colocando à disposição dos pacientes e seus acompanhantes uma estrutura moderna e bem localizada, disse a prefeita.

PORTAS ABERTAS –
Seguindo diretrizes do Ministério da Saúde, a unidade estará de “portas abertas” ao cidadão, evitando, assim, adoção de protocolos que dificultem o atendimento. O toxicomaníaco, por exemplo, apenas precisará da presença do responsável e dos demais documentos obrigatórios( xerox do RG, Cartão Nacional do SUS e comprovante de residência) para iniciar o tratamento.

Tendo como parâmetro o critério da territorialidade, em suas diferentes modalidades, os CAPS dispõem de serviços de saúde de caráter aberto. No local, a equipe multidisciplinar realiza atendimentos àqueles com perturbações leves, moderadas, graves e persistentes, bem como os dependentes de álcool e outras drogas.

Segundo Diego Raí Azevedo, diretor do Centro, o núcleo conta com corpo técnico de diferentes áreas, incluindo, médico psiquiatra, psicólogo, terapeuta ocupacional, assistente social, fonoaudiólogo, farmacêutico, educador físico, técnico de enfermagem, bem como gestor e agente administrativo.

“Tanto os funcionários, quanto os usuários e seus respectivos acompanhantes poderão dispor de um espaço físico amplo e acolhedor. Diante da atual conjuntura, nossa expectativa é que haja um aumento significativo na demanda, razão pela qual seguindo orientação da prefeita Paula da Pindoba, já estamos estudando a contratação de profissionais para ampliarmos, também, a capacidade de atendimento”, explicou.

O gestor finalizou pontuando outros importantes serviços disponibilizados no local, como atendimento de demandas judiciais, atividades em grupos e visitas domiciliares. Além da prefeita, o evento contará com a presença de técnicos, vereadores, secretários, pacientes, familiares e demais convidados.

CAPS EM NÚMERO
Em 2022, a equipe multidisciplinar(médico, psicólogo, educador físico e terapeuta ocupacional) no CAPS II, prestou 5.615 atendimentos distribuídos da seguinte forma: 10 reuniões entre às equipes multiprofissionais e de coordenação, 04 capacitações com técnicos da rede e 62 visitas domiciliares.

Também foram contabilizados mais de 400 atendimentos de demandas judiciais para acompanhamento de pacientes com necessidade de atenção psicossocial, 1.366 encontro de grupo, sem contar, ainda, com 425 demandas espontâneas.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x