ANS incorpora tratamento para câncer e esclerose múltipla na lista de cobertura obrigatória pelos planos de saúde. Veja quais são

A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovou a incorporação ao Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde de medicamento para tratar esclerose múltipla e tecnologia de tratamento para pacientes com câncer. O Rol é a lista de procedimentos e tratamentos com cobertura obrigatória pelos planos de saúde, conforme cada tipo de plano de saúde — ambulatorial, hospitalar com ou sem obstetrícia, referência ou odontológico.

  • Ofatumumabe, medicamento para tratamento de pacientes adultos com esclerose múltipla recorrente;
  • Radioterapia de intensidade modulada, para tratar tumores do pulmão, de mediastino e de esôfago.

Inclusão

As propostas de incorporação das tecnologias ao rol foram submetidas diretamente à ANS. Todas passaram pelos processos de avaliação da agência, incluindo participação social e criteriosa análise técnica, que utiliza metodologia de avaliação de tecnologias em saúde, à semelhança de países como Inglaterra, Canadá, Austrália e Alemanha. Tais tecnologias terão sua cobertura obrigatória a partir do dia 1 de setembro.

Rol

O Rol de Procedimentos lista todas as tecnologias em saúde que compõem a cobertura assistencial obrigatórias composta por terapias, medicamentos, exames, cirurgias e outros procedimentos, atendendo às doenças listadas na Classificação internacional de Doenças (CID), da Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x