Acidentes envolvendo carros Tesla em piloto automático já mataram 17 nos EUA

Números atualizados mostram crescimento nos casos de sinistros envolvendo os veículos criados por Elon Musk

O número de acidentes envolvendo carros da Tesla em piloto automático somam 736 desde 2019 nos EUA, segundo levantamento do jornal “Washington Post”, baseado em dados da Administração de Segurança no Tráfego Rodoviário. O número desses acidentes aumentou nos últimos quatro anos, mostram os dados, refletindo os perigos associados ao uso cada vez mais generalizado da tecnologia futurista de assistência ao motorista da Tesla, bem como a presença crescente dos carros nas estradas do país.

O número de mortes e ferimentos graves associados ao piloto automático também cresceu significativamente, mostram os dados. Quando as autoridades divulgaram pela primeira vez um relato parcial de acidentes envolvendo o piloto automático em junho de 2022, contaram apenas três mortes definitivamente ligadas à tecnologia. Os dados mais recentes incluem pelo menos 17 incidentes fatais, 11 deles desde maio deste ano, e cinco feridos graves.

O CEO da Tesla, Elon Musk, disse que os carros que operam no modo piloto automático da Tesla são mais seguros do que aqueles pilotados apenas por motoristas humanos, citando taxas de acidentes quando os modos de direção são comparados. Ele pressionou a montadora a desenvolver e implantar recursos programados para manobrar nas estradas, ao se deparar com ônibus escolares parados, carros de bombeiros, sinais de parada e pedestres, argumentando que a tecnologia dará início a um futuro mais seguro e virtualmente livre de acidentes. Embora seja impossível dizer quantos acidentes podem ter sido evitados, os dados mostram falhas claras na tecnologia que está sendo testada em tempo real nas rodovias americanas.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x