‘Time do futuro’: New York Times destaca Diniz e campanha do Fluminense rumo ao título da Libertadores

Prestes a disputar sua partida mais importante dos últimos 15 anos, o Fluminense ganha destaque não só no Brasil, mas ao redor do mundo. Sob o comando de Fernando Diniz, o tricolor carioca vive um ano de roteiro de cinema, e terá seu ápice no próximo sábado, quando enfrenta o Boca Juniors pela final da Libertadores, no Maracanã. Para o colunista especializado em futebol do The New York Times, Rory Smith, a equipe é o “time do futuro”.

O artigo conta a história de como o treinador voltou ao comando da equipe, em abril de 2022, em sua segunda passagem pelo tricolor carioca. De acordo com Smith, “é fácil enxergar por que Bittencourt [presidente do Fluminense] prefere acreditar que sua decisão [de escolhê-lo como novo técnico] foi definida por uma inefável da natureza.”

Smith também destaca o fato de que o Fluminense tem a vantagem de decidir a partida em casa: desde 2019, quando a Conmebol adotou a final única para a decisão da Libertadores, é a primeira vez que um clube recebe a decisão em seu próprio estádio. O jornalista ressalta que, nos últimos 60 anos, diversos clubes brasileiros chegaram à glória eterna ao conquistar a principal competição continental, mas o Fluminense não foi um deles. Ainda. E completa: “Está tudo alinhado para que Diniz se torne o homem que acabou com a espera”.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x