AL

FGTS: Conselho Curador define nesta terça-feira distribuição do lucro aos trabalhadores. Entenda

O Conselho Curador do FGTS (Fundo da Garantia do Tempo de Serviço) se reúne nesta terça-feira (dia 25) para apresentar e definir a distribuição de lucros entre os cotistas, com saldo na conta até 31 de dezembro de 2022.

De acordo com uma fonte entre os conselheiros, ouvida pela EXTRA, o FGTS registrou em 2022 lucro líquido de R$ 12,8 bilhões, o que representa uma queda de 16,4% frente ao valor esperado de R$ 15,37 bilhões. Isso vai diminuir o valor a ser repartido entre os trabalhadores. O resultado ficou 3,45% abaixo do ganho registrado no ano anterior, que foi de R$ 13,3 bilhões.

A ideia, segundo a fonte, é distribuir entre os trabalhadores 99% do resultado obtido (R$ 12,719 bilhões), conforme foi feito no ano passado. A outra possibilidade é dividir a integralidade do lucro de R$ 12,848 bilhões.

O Conselho Curador é composto ​por entidades representativas dos Trabalhadores, dos Empregadores e representantes do governo federal.

Ganho em torno de 7%

A remuneração do FGTS definida em lei é de 3% ao ano, mas a Taxa Referencial (TR). Somado à participação do lucro, o trabalhador terá um ganho em torno de 7% em 2022. O valor será superior à inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 5,79%. Contudo, o cotista vai perder para a poupança, de 7,89% no ano passado.

Por lei, o montante a ser dividido entre os cotistas é definido pelo Conselho Curador. Os valores precisam ser creditados pela Caixa nas contas vinculadas ao FGTS até 31 de agosto.

Saldo não é sacado imediatamente

O dinheiro é incorporado ao saldo das contas, mas não pode ser retirado pelos trabalhadores a qualquer momento. Pelas regras tradicionais do Fundo, o saque somente pode ser feito em caso de demissão sem justa causa, compra da casa própria, aposentadoria e doenças graves.

Como consultar o saldo de contas do FGTS?

É possível consultar o saldo do FGTS de forma rápida pelo aplicativo do FGTS. O app exibe o extrato de todas as contas vinculadas a contratos de trabalho, ativo e já extintos.

Pelo app do FGTS (versão Android e para iPhone (iOS), o trabalhador também pode verificar o saldo total do FGTS, optar pelo saque-aniversário, entre outros serviços.

Veja como fazer:

  • Instale o aplicativo do FGTS e faça o cadastro com CPF, nome completo, data de nascimento e e-mail.
  • Cadastre uma senha com, no mínimo, 6 dígitos.
  • Abra o e-mail de confirmação enviado para o seu e-mail informado no cadastro e clique no link enviado.
  • Faça login com CPF e senha e informe alguns dados pessoais solicitados.
  • Após responder, aceite as condições de uso e o app estará pronto para consulta das informações.

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x