Dia Mundial de Conscientização do Autismo é destaque na Câmara Municipal

Na sessão desta terça-feira (2), os vereadores da Câmara Municipal de São Luís debateram sobre o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, comemorado hoje, e a necessidade de políticas públicas e mais acesso a serviços a este público. Representantes da Comissão dos Direitos dos Autistas da Ordem de Advogados do Brasil (OAB) tiveram momento de fala e destacaram a importância da participação mais ativa dos vereadores para que ações voltadas para o segmento.

O presidente da Câmara, vereador Paulo Victor (PSB), destacou a importância do Abril Azul para reflexões e projetos que venham beneficiar as pessoas com autismo. “Esta casa tem o firme compromisso e dever desta casa promover discussões debates e projetos que mecanismos que facilitem o acolhimento das pessoas autistas e o acolhimento adequado às suas famílias, e também, reduzir a discriminação e o preconceito que persiste em nossa sociedade. Nossos parabéns às pessoas que contribuem para garantir esses direitos que fazem com que as pessoas com autismo sejam mais valorizados”, ressaltou.

Paulo Victor parabenizou a atuação do vereador Ribeiro Neto, que destina projetos para a causa e também, citou iniciativas das quais participou, com a finalidade de promover ações para este público e reforçou o respeito aos direitos. Na Câmara tramita projeto para que seja instituída a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (CIPTEA), para que possa contribuir com as políticas públicas devidas e mais respeito.

“A data é fundamental para conscientizar nossa sociedade sobre a importância a inclusão e o respeito às pessoas com autismo e essencial para que todos tenham acesso às oportunidades e sejam tratados com dignidade. Devemos promover ações com finalidade de incluir socialmente, promover educação e garantir o respeito às diferenças”, disse a presidente da Comissão dos Direitos dos Autistas da OAB, Ana Karina Cunha da Silva.

A presidente da entidade pontuou que as pessoas com autismo possuem habilidades únicas e contribuições valiosas para a sociedade, sendo o dever garantir o devido acesso, os direitos e oportunidades devidas a todo ser humano. “Contamos com o apoio de todos os vereadores para que possam promover as políticas públicas que garantam o respeito e conscientização da comunidade. Juntos, podemos contribuir para uma sociedade mais justa e inclusiva para todos”, frisou Ana Silva.

O vice-presidente da Comissão dos Direitos dos Autistas da OAB, Wellington Beckman Saraiva, também participou da sessão e agradeceu ao convite, ressaltando a dificuldade dos pais atípicos por conta da falta de políticas públicas adequadas e de acesso a serviços ao segmento. “Solicitamos o apoio dos parlamentares para que possamos garantir mais respeito, valorização e vida digna às famílias que tem pessoas com autismo, e o trabalho dos representantes do povo, os vereadores, é muito importante nessa caminhada”, disse ele, que é pai atípico.

Respeito e valorização

O Dia Mundial da Conscientização do Autismo foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2007. Essa data foi escolhida com o objetivo de levar informação à população para reduzir a discriminação e o preconceito contra pessoas com o Transtorno do Espectro Autista (TEA). O autismo é uma condição de saúde caracterizada por desafios em habilidades sociais, comportamentos repetitivos, fala e comunicação não-verbal; entretanto, terapias adequadas a cada caso podem auxiliar essas pessoas a melhorar sua relação com o mundo.

“Pessoas com autismo podem e devem conquistar seu lugar na sociedade, pois eles também têm aptidões e talentos específicos em várias áreas do conhecimento. Entendemos que o respeito, o reconhecimento e políticas públicas voltadas ao segmento podem reduzir as dificuldades enfrentadas por essas famílias e suas crianças e jovens”, ressaltou o vereador Ribeiro Neto.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x