Carlos Lula anuncia projeto para garantir segurança a atletas de ciclismo

Projeto atende a pedido de esportistas que protestaram durante o fim de semana após a trágica morte por atropelamento do médico ciclista Édson Soares

O deputado estadual Carlos Lula (PSB) apresentou, nesta terça-feira (3), projeto de lei para garantir segurança de praticantes de esportes de rua, especificamente atletas de ciclismo no Maranhão. O novo projeto atende a pedido de esportistas que protestaram durante o fim de semana após a trágica morte por atropelamento do médico ciclista Édson Soares, na capital maranhense.

“Nós teremos que falar de trânsito e falar de educação, uma vez que estamos matando uns aos outros no trânsito. Temos que parar de pensar no ciclismo apenas como esporte e entretenimento. O ciclismo tem de ser um dos modais de transporte necessários para o estado. São Luís está atrasada, o estado está atrasado. Não temos nem 50 quilômetros de ciclovia na capital. Somos a pior capital do Brasil. Não só para quem está na Litorânea, mas para quem mora longe, na periferia da cidade, e se desloca de bicicleta todos os dias para ir trabalhar”, pontuou Carlos Lula.

O projeto visa ao incentivo da prática do ciclismo no estado, bem como fomenta políticas públicas para o segmento, reconhecendo o deslocamento cicloviário como modalidade de transporte eficiente, sustentável do ponto de vista ambiental, acessível à sociedade e benéfico à saúde pública.

Entre as ações de incentivo estão a ampliação da rede de ciclovias, ciclofaixas, bicicletas compartilhadas e bicicletários permanentes, com vistas a possibilitar maior acesso de bicicletas no transporte coletivo intermunicipal; criação de uma política que permita a integração dos sistemas cicloviários municipais já existentes; oferta de áreas para o ciclismo em todo o Maranhão, especialmente em parques estaduais e outros espaços de lazer e de esportes; e elaboração de um mapa estadual de regiões críticas ao ciclismo.

Em seu discurso, o parlamentar informou, também, que protocolou quatro indicações direcionadas à Secretaria de Segurança Pública (SSP), Comando Geral da Polícia Militar e Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes de São Luís (SMTT). Entre as solicitações estão a instalação de mais câmeras de videomonitoramento na extensão da Avenida Litorânea, aumento das rondas policiais a partir das 4h da manhã; interdição de uma das vias da mesma avenida, entre 4h e 6h, durante todos os dias da semana para a prática esportiva de rua; e instalação de redutores de velocidade ao longo da via.

“Estamos fazendo Indicações em conjunto, com medidas concretas que possam ser tomadas para aumentar a segurança dos ciclistas nas vias da capital. São medidas simples, mas que podem evitar a tragédia que aconteceu na última sexta-feira (29), quando o doutor Édson Soares foi atropelado quando realizada a prática da atividade física”, explicou Carlos Lula.

 

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x