Israel afirma que há brasileiros entre os reféns do Hamas

O Ministério da Defesa de Israel afirmou nesta quarta-feira que há brasileiros entre as pessoas mantidas de reféns pelo Hamas na Faixa de Gaza. A informação foi confirmada por Jonathan Conricus, porta-voz das Forças de Defesa de Israel, em um comunicado em vídeo. Segundo ele, há também reféns de outras nacionalidades.

Conricus ressaltou que, até o momento, há 1,2 mil israelenses mortos, e cerca de 2,7 mil feridos. Afirmou, ainda, que “dezenas estão sendo mantidos reféns em Gaza pelo Hamas”, sendo “muitos deles com dupla nacionalidade”. Na declaração, o porta-voz pontuou que este “não é um desafio apenas de Israel”, mas de “muitos países livres no mundo”.

— Há [entre os reféns] americanos, britânicos, franceses, alemães, italianos, brasileiros, pessoas da Argentina e da Ucrânia e de outros países. Eu não lembro de toda a lista, porque é muito longa — disse.

As autoridades brasileiras preparam uma operação para retirar 30 nacionais residentes de Gaza, território palestino alvo de conflitos desde o último sábado, quando o grupo terrorista Hamas iniciou uma ofensiva contra Israel.

A data de saída é incerta, mas o embaixador Alessandro Candeas, chefe do Escritório de Representação do Brasil em Ramala, na Cisjordânia, afirmou que a maior parte dos preparativos já foi feita.

— A logística está toda pronta. Estamos com dois ônibus alugados, com os pontos de encontro definidos. Tudo definido, apenas aguardando duas coisas: a autorização do Egito para cruzar a fronteira e que a própria fronteira esteja aberta. Ela foi bombardeada três vezes — disse Candeas.

Entre segunda e terça-feira, o posto fronteiriço de Rafah, por onde os ônibus com os brasileiros irá passar, foi alvo de bombardeios da Força Aérea Israelense, segundo a agência AFP. O trecho, localizado ao sul, é um dos poucos caminhos para dentro e fora de Gaza que não é controlado por Israel. Por conta dos ataques, a passagem chegou a ser fechada ao longo dos últimos dias.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x